O ex-CEO da FTX, Sam “SBF” Bankman-Fried, voltou ao tribunal pela primeira vez desde a sua condenação para tratar de possíveis conflitos de interesse com seus advogados.

De acordo com uma reportagem publicada em 21 de fevereiro pela Inner City Press, Bankman-Fried renunciou ao direito de representação jurídica sem conflitos com os advogados Marc Mukasey e Torrey Young. Os dois advogados apresentaram avisos de comparecimento tanto à SBF quanto ao ex-CEO da Celsius, Alex Mashinsky, que tomou medidas semelhantes em uma audiência em 20 de fevereiro.

O comparecimento ao Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Nova York foi uma das primeiras vezes em que Bankman-Fried foi visto fora da prisão desde que foi condenado por sete crimes em novembro de 2023. A vida de SBF atrás das grades não tem estado sob os holofotes da mídia, mas em 19 de fevereiro surgiram fotosmostrando o ex-CEO da FTX com outros presos .

De acordo com a Inner City Press, Mukasey e Young continuariam representando a SBF e Mashinsky. Em contrapartida, os advogados Christian Everdell e Mark Cohen – que representaram o ex-CEO da FTX no julgamento criminal em outubro de 2023 – se retirariam da defesa de SBF. Bankman-Fried deverá se apresentar ao juiz Lewis Kaplan para ouvir sua sentença em 28 de março.

Bankman-Fried, que já foi considerado o “menino de ouro” do espaço cripto, deixou o cargo de CEO da FTX em novembro de 2022. A empresa entrou com um pedido de falência em seguida, e SBF foi mantido sob custódia nas Bahamas até a sua extradição para os EUA, onde mais tarde foi julgado e condenado por fraude relacionada à malversação de fundos da FTX e da Alameda Research.

Após o julgamento em outubro de 2023, esperava-se inicialmente que SBF enfrentasse cinco acusações adicionais em março. Relatos divulgados em dezembro sugeriram que os promotores não planejavam prosseguir com o segundo julgamento, sob alegação de questões de interesse público. Espera-se que a equipe de defesa de Bankman-Fried apresente recomendações de sentença até 27 de fevereiro.

LEIA MAIS