As receitas dos mineradores de Bitcoin atingiram US$ 75,9 milhões em 6 de março, consolidando o segundo melhor dia da história da rede, de acordo com uma postagem no X de Julio Moreno, chefe de pesquisa da CryptoQuant. 

O marco foi atingido um dia depois que o preço do Bitcoin (BTC) atingiu um novo recorde histórico acima de US$ 69.200.

Receitas diárias das mineradoras de Bitcoin. Fonte: Julio Moreno on X

O aumento das receitas ocorreu no mesmo dia em que a mineradora de Bitcoin Hut 8 anunciou o fechamento de uma unidade de mineração em Drumheller, Alberta, Canadá, devido a interrupções no fornecimento de energia e ao aumento dos seus custos operacionais.

A instalação minerava 48 Bitcoins por ano – aproximadamente 1,4% do patrimônio da empresa – ao custo de 11% de sua taxa de hash, de acordo com o comunicado divulgado em 6 de março.

Os US$ 75,9 milhões representam o segundo melhor dia da história da rede, logo após o recorde de US$ 77,3 milhões em receitas geradas em 14 de abril de 2021, quando o Bitcoin estava sendo negociado acima da marca de US$ 60.000.

Algumas das principais ações de mineração de Bitcoin caíram mais de 27% nos três dias anteriores a 1º de março, quando o Bitcoin atingiu a marca de US$ 64.000.

De acordo com o analista-chefe da Blockware Solutions, Mitchell Askew, a explicação “mais lógica” é que os investidores estão preocupados em aplicar capital em mineradores de Bitcoin antes do tão esperado halving.

O evento fará com que as recompensas dos mineradores de Bitcoin sejam reduzidas de 6,25 BTC, no valor de US$ 417.279 a preços atuais, para 3,125 BTC, no valor de US$ 208.638.

Preço do Bitcoin se encaminha para uma correção?

Após a confirmação do recorde histórico de receitas de mineração em 14 de abril de 2021, o preço do Bitcoin recuou mais de 22% em 11 dias, chegando a US$ 49.066 em 25 de abril.

Gráfico diário BTC/USDT. Fonte: CoinMarketCap

O preço do Bitcoin subiu 0,62% nas últimas 24 horas, e está sendo trocado de mãos por US$ 67.254. O Bitcoin está em alta de 6,8% nos últimos sete dias.

Embora a maioria dos analistas esteja otimista em relação ao mercado, o preço do Bitcoin ainda pode sofrer uma retração abaixo de US$ 44.000 em 2024, de acordo com a análise de Dave the Wave, conforme observado em uma postagem publicada em 5 de março:

“Embora eu me sinta confortável com um futuro indeterminado, e onde estamos atualmente tecnicamente e potencialmente é um ponto crucial de resistência em máximas históticass anteriores, a opção padrão tem que ser manter o movimento parabólico contínuo até que pelo menos a linha pontilhada em negrito seja quebrada.”

Gráfico anotado BTC/USD. Fonte: Dave the Wave on X

LEIA MAIS