Desde 2021, quando a febre dos jogos play-to-earn movimentou milhões de dólares no mercado de criptomoedas, um jogo tem chamado a atenção dos entusiastas: Star Atlas.

Desenvolvido na blockchain Solana, o Star Atlas oferece uma experiência de jogo única, permitindo que os jogadores participem de um metaverso rico e interativo. Atualmente há duas versões do jogo, um alpha fechado na Epic Games e um jogo aberto que pode ser acesso pelo navegador.

Com transações diárias em US$ 2 milhões, já é possível minerar, coletar e fundir recursos que podem ser vendidos no mercado secundário e gerar renda para os jogadores.

O jogo, que combina elementos de economia, estratégia e ação, oferece aos jogadores a chance de possuir propriedades digitais, explorar galáxias e competir em batalhas espaciais emocionantes. Zé, brasileiro responsável por desenvolver a história do jogo, concedeu uma entrevista exclusiva na qual compartilhou sua história e estratégias para lucrar no Star Atlas e no amplo mundo de Web3.

“Agora é o melhor momento para minerar e coletar recursos no Star Atlas. O Star Atlas conseguiu realizar muitas coisas. Criamos toda a economia na blockchain, e o jogo já movimenta US$ 2 milhões por dia. Há muitas oportunidades e estamos apenas começando.”, disse.

O jogo está atualmente em uma fase alpha fechada (na Epic Games), mas está previsto para se tornar um multiplayer global em 2024, contudo, no jogo disponível para todos na versão Web já é possível ganhar dinheiro com os recursos.

“Desenvolvemos a tecnologia para ter até 30 mil jogadores em nosso metaverso, e esperamos chegar a 100 mil até o final do ano”, explicou Zé. “Isso significa que todos os jogadores estarão no mesmo mundo, participando da mesma atividade econômica.”

Ganhar dinheiro com o Star Atlas

Uma das características mais interessantes do Star Atlas é o sistema político do jogo, que permite aos jogadores criar seus próprios sistemas solares e descentralizar o controle.

“Os jogadores podem cooperar dentro de suas facções – Humanidade, Androides e Alienígenas – disputando recursos especiais e até roubando recursos uns dos outros”, disse Zé. “Isso torna o Star Atlas muito desafiador e emocionante.”

Além disso, o jogo planeja introduzir protocolos de empréstimo, permitindo que os jogadores emprestem naves e compartilhem os lucros com outros jogadores.

“Muitas pessoas não têm dinheiro para comprar um NFT, então estamos criando um protocolo de empréstimo”, explicou Zé. “Isso abrirá novas oportunidades para os jogadores ganharem dinheiro dentro do jogo.”

Para jogar Star Atlas, os jogadores precisam de uma nave, combustível, comida, munição e ferramentas. Cada nave tem uma especialização diferente, afetando seu desempenho no jogo.

“Este é o melhor momento para minerar recursos com o Star Atlas”, disse Zé. “Qualquer nave pode coletar qualquer recurso, então os jogadores podem começar a vender imediatamente.”

Confira a entrevista completa e todas as dicas do Zé para ganhar dinheiro com o Star Atlas: