Os protocolos de camada 2 com foco em incrementar a escalabilidade da blockchain da Ethereum devem se beneficiar de custos de rollups significativamente reduzidos quando a atualização Dencun chegar à rede principal. Ainda assim, os usuários finais talvez não colham todos os benefícios imediatamente.

O vice-presidente de produtos da Polygon Labs, David Silverman, disse ao Cointelegraph que a próxima atualização da Ethereum, que implementará várias propostas de melhoria da rede (EIPS), levará algumas semanas para ser totalmente implementada pelos protocolos de rollup:

“Em cerca de um mês e meio ou dois meses, todas as L2 que quiserem usar o espaço de blobs como rollups serão transferidos, e então os usuários finais terão todos os benefícios.”

O hard fork Dencun incorpora um total de nove EIPs diferentes. O nome da atualização é uma combinação da atualização Cancun, referente à camada de execução da Ethereum e da atualização Deneb, referente à camada de consenso.

O que a EIP-4844 vai fazer?

Silverman explica que um dos principais pontos focais da atualização é a EIP-4844, que altera a forma como os rollups da Ethereum armazenam dados na rede principal. Vários rollups da camada 2 agregam e processam transações off-chain e enviam uma prova resumida dessas transações para a blockchain da Ethereum.

“Atualmente, há apenas um tipo de armazenamento na Ethereum – o chamado armazenamento de dados na camada de execução. É permanente, ou seja, se eu publicar algo, seja a imagem de um NFT ou dados de transação para um rollup, todos os nós da Ethereum devem armazenar esse estado para sempre”, explica Silverman.

A EIP-4844 cria uma nova maneira de os rollups adicionarem dados mais baratos aos blocos, introduzindo o espaço de blob. O uso de dados de chamada para armazenamento era caro porque todos os nós do Ethereum precisam processar os dados que são registrados on-chain indefinidamente.

O Proto-danksharding, nomeado em homenagem aos pesquisadores que propuseram a EIP-4844, permite que os rollups enviem e anexem blobs de dados aos blocos. Os dados não são acessados pela Ethereum Virtual Machine (EVM) e são excluídos automaticamente após um período fixo de tempo, estimado em 18 dias. Silverman explica:

“A ideia com esses blobs na EIP-4844 é criar essa nova seção de armazenamento que eu não posso executar. Não posso tocá-los dentro da EVM da Ethereum, mas a Ethereum, o protocolo, garante seu armazenamento por um determinado período de tempo.”

Silverman acrescenta que, como os blobs são armazenados temporariamente, eles são drasticamente mais baratos para rollups e oferecem as mesmas garantias de segurança.

Benefícios dos rollups não serão imediatos

O proto-danksharding tem sido um tema quente na comunidade da Ethereum, dado seu impacto no custo do armazenamento de dados de rollups no futuro. Diversos desenvolvedores de protocolos de camada 2 têm dito que os custos de rollup serão reduzidos de 10 a 50 vezes, mas Silverman disse que o verdadeiro impacto só será percebido quando a Dencun chegar à rede principal.

A Dencun está programada para chegar à rede principal da Ethereum em 13 de março. Fonte: Tim Beiko on X.

O vice-presidente de produtos da Polygon Labs observa que o impacto não será imediato. A atualização Dencun está programada para ser implementada em 13 de março. Depois disso, os rollups terão que fazer suas próprias atualizações antes de se beneficiarem do novo espaço de armazenamento:

“Cada rollup precisa passar por seus próprios procedimentos de governança e atualização para alterar seus contratos, para deixar de apontar para os dados de chamada e passar a apontar para o novo espaço de blob.”

Silverman diz que a Polygon tem trabalhado arduamente para agilizar a própria implementação da EIP-4844. Ao mesmo tempo, conversas com colegas da Optimism, zkSync e Arbitrum indicam que as L2s estão ansiosas para aproveitar o hard fork o mais rápido possível.

Ethereum se volta para um futuro centrado em rollups

A Dencun também representa uma continuação da transição da Ethereum em direção a uma abordagem de escalabilidade centrada em soluções de camada 2. Silverman diz que a Ethereum está procurando “desacelerar e ossificar” seus componentes principais, deixando a inovação e o foco no nível do usuário para as L2s.

“Esse é um item do roadmap da Ethereum que diz que, em vez de a cadeia de base ser responsável pelo incremento da escalabilidade, os rollups são o futuro. Faremos mudanças para torná-los mais baratos e mais atraentes para os usuários e para que sejam o padrão da Ethereum”, disse Silverman.

Os principais protocolos de rollups começaram até mesmo a coordenar entre si a formação da chamada Roll Call, um espaço para diferentes protocolos de camadas 2 se reunirem para discutir e propor novas propostas de melhoria.

“Essas são mudanças que só estarão nas L2s. Mudanças na EVM que não estão chegando à rede principal da Ethereum, coisas como novas formas de abstração de conta, novas pré-compilações, novos opcodes”, acrescenta Silverman.

A Dencun pode não afetar imediatamente os custos dos rollups, mas Silverman espera que haja algum alarde quando o hard fork for finalizado. Silverman disse:

“A EthStaker sempre faz um ótimo streaming. Você também verá alguns experimentos divertidos no lançamento. Os desenvolvedores presentes na ETH Denver disseram que farão blobs de Ordinals de ETH para entupir o espaço de blobs.”

À medida que a implementação da EIP-4844 por rollups ocorrer, o ecossistema começará a ver o verdadeiro impacto do proto-danksharding. Silverman também acredita que quanto mais L2s se juntarem ao espaço de blobs, menor será gradualmente o impacto de sua redução de custos.

LEIA MAIS