O Cointelegraph Brasil realiza a partir das 17 horas desta quinta-feira (21) uma live no YouTube direcionada ao esclarecimento das principais dúvidas dos investidores na hora de declarar Bictcoin (BTC) e outras criptomoedas no Imposto de Renda 2024, que deve ser transmitido até o próximo dia 31 de maio para a Receita Federal (RFB) através do programa IRRF 2024.

Conduzida por Paulo Aragão, a live terá como convidado o advogado e empresário do segmento dos criptoativos Rafael Steinfeld, fundador e sócio-diretor da Steinfeld Advocacia.

Steinfeld também é cofundador da empresa de tecnologia focada em bockchain 4blocks, fundador do MyKYC, uma plataforma que oferece soluções robustas de compliance e investigações on-chain, responsável pela recuperação de mais de R$ 6 milhões em fundos roubados; e da Fiscochain, plataforma que permite que exchanges, OTC e entidades P2P operem em conformidade com a Instrução Normativa RFB nº 1.888/19; entre outras credenciais no ecossistema cripto.

Ao comentar sobre a live com o Dr. Steinfeld, Paulo Aragão destaca que o objetivo é “ajudar as pessoas a entenderem um pouco mais sobre as declarações necessárias no mercado cripto.”

“Sabemos que é um tema polêmico e muito complexo, por isso resolvemos lançar a nossa série de lives ‘Cripto Papo’ com este assunto”, explicou.

O especialista acrescentou que o “objetivo é dar um panorama geral para do que existe e das complexidades que nós temos nas declarações e do pagamento de imposto relacionado a cripto por falta de uma regulamentação bem específica quanto a isso.”

“A Receita vem evoluindo, mas a gente não tem uma regulamentação específica tributária pra cripto e mesmo essa IN [Instrução Normativa] que saiu deixou um pouco mais complexo”, completou.

Rafael Steinfeld ressaltou que o objetivo da live não é esgotar o assunto e frisou a necessidade de os investidores buscarem ajuda especializada para que possam fazer suas declarações corretamente e “não levar a live como se fosse um tutorial, um passo a passo de como fazer a declaração.”

Em relação à IN, Rafael Steinfeld se referiu ao que deve ser um dos principais pilares da live, a recém-publicada Instrução Normativa RFB 2.180/2024, que “dispõe sobre a tributação da renda auferida por pessoas físicas residentes no País com depósitos não remunerados no exterior, moeda estrangeira mantida em espécie, aplicações financeiras, entidades controladas e trusts no exterior, e sobre a opção pela atualização do valor dos bens e direitos no exterior”, norma em que também estão enquadradas as criptomoedas, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil.