Nas últimas 48 horas, o preço do Bitcoin (BTC) caiu 13% do seu novo recorde histórico de US$ 73.835 para negociar brevemente perto de US$ 60.000. A correção foi causada por condições de mercado superaquecidas no que os analistas denominaram uma “retração pré-halving” antes do evento de halving do Bitcoin, que está aproximadamente 30 dias distante.

Gráfico diário do BTC/USD. Fonte: TradingView

No entanto, um relatório da CryptoQuant mostra que o ciclo de alta do Bitcoin não acabou, dado o nível relativamente baixo de fluxos de investimento de novos investidores e métricas de avaliação de preços ainda abaixo dos níveis vistos nos picos de mercado anteriores.

O relatório “Weekly Crypto Report” da firma de análise de dados on-chain revela que 48% do investimento em Bitcoin vem de detentores de curto prazo. O “ciclo de alta normalmente termina com 84%-92% do investimento” desses novos investidores, de acordo com analistas da CryptoQuant.

“O ciclo de alta do Bitcoin ainda está longe de terminar, como mostrado pelo nível relativamente baixo de novos fluxos de investimento.”

Cap realizada do Bitcoin — porcentagem de faixas de idade OTXO. Fonte: CryptoQuant

O gráfico acima também revela que essa métrica “atingiu níveis semelhantes a meados de 2019 (52%) quando o Bitcoin também experimentou uma correção significativa”, algo que os traders de curto prazo devem observar.

O relatório da CryptoQuant também revelou que as métricas de avaliação ainda estão abaixo dos níveis consistentes com os picos de mercado anteriores.

“O Índice P&L da CryptoQuant ainda está fora de uma zona de topo de mercado (área vermelha) e acima da média móvel de 1 ano do índice.”

Bitcoin: Índice de lucro e prejuízo (PnL) da CryptoQuant. Fonte: CryptoQuant

O índice PnL da CryptoQuant é composto por três indicadores on-chain que mostram a lucratividade do Bitcoin. O índice indicou previamente que o mercado de cripto entraria em um ciclo de alta em 2024. No entanto, o gráfico acima mostra que o nível atual está ligeiramente abaixo daqueles observados quando o mercado atingiu o pico durante as corridas de alta de 2013, 2017 e 2021.

O evento de halving do Bitcoin agora está a apenas um mês de distância

Além das métricas discutidas acima, o próximo evento de halving do Bitcoin é um grande impulsionador esperado para fortalecer o preço do BTC, inaugurando uma tendência de alta parabólica.

De acordo com a contagem regressiva do halving no CoinMarketCap, o próximo evento de halving do Bitcoin está a menos de 31 dias de distância.

Contagem regressiva para o halving do Bitcoin. Fonte: CoinMarketcap

Com aproximadamente 4.450 blocos restantes, o tempo estimado restante veria o quarto halving do Bitcoin ocorrer em 20 de abril, com as recompensas de bloco para os mineradores reduzindo em 50%, de 6,25 BTC para 3,125 BTC.

Historicamente, o halving da oferta do Bitcoin foi associado a um aumento no preço do BTC. O halving sempre precedeu uma corrida de alta significativa no mercado de Bitcoin.

O Standard Chartered Bank fez uma previsão ousada, elevando sua previsão de preço do BTC de US$ 100.000 para US$ 150.000 em 2024.

Em uma nota de investimento para clientes na segunda-feira, 18 de março, analistas do Standard Chartered Bank escreveram:

“Para 2024, dado os ganhos de preço mais acentuados do que o esperado até agora, agora vemos potencial para o preço alcançar o nível de US$ 150.000 até o final do ano, acima da nossa estimativa anterior de US$ 100.000.”

O banco também previu que o preço do BTC atingiria o topo do ciclo de US$ 250.000 em 2025 antes de se estabilizar em torno de US$ 200.000.

A análise do banco não se baseia inteiramente no evento de halving, mas tira proveito do desempenho impressionante dos fundos negociados em bolsa (ETFs) de Bitcoin à vista desde que começaram a ser negociados em 11 de janeiro e das diferentes dinâmicas que trazem para o mercado neste ciclo de halving.

Este artigo não contém conselhos ou recomendações de investimento. Todo movimento de investimento e negociação envolve riscos, e os leitores devem conduzir sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.