Indicadores históricos do ciclo de mercado do Bitcoin (BTC) mostram que o mercado de criptomoedas está “atualmente no meio da corrida de touros”, respaldado por uma combinação de fortes fatores fundamentais e técnicos, de acordo com um relatório recente da Grayscale.

Não é fácil determinar o início da corrida de touros das criptomoedas, além do fato de que o preço do BTC frequentemente atinge o pico 8-11 meses após o halving do fornecimento de Bitcoin. Analistas da Grayscale se propuseram em um relatório recente a destacar os principais elementos de um mercado em alta.

Esses fatores foram divididos em precursores e o “quinto inning”, mostrando em que ponto o mercado se encontra atualmente.

Precursores de uma corrida de touros de criptomoedas

De acordo com o relatório, os mercados em alta das criptomoedas anteriormente começaram com um aumento na dominância do Bitcoin.

“Essa tendência enfatiza o papel do Bitcoin como um indicador líder para o mercado de criptomoedas como um todo”, acrescentou o relatório. Tipicamente, um rali em altcoins é precedido por um crescimento no preço do BTC, à medida que os investidores “se aventuram em criptomoedas de maior risco em busca de retornos maiores”, impulsionados por seus lucros com o Bitcoin.

O analista da Grayscale, Michael Zhao, disse:

“Essa dinâmica foi observável durante a corrida de touros de 2021-2022, período em que os ganhos do Bitcoin foram rapidamente seguidos por um aumento significativo nas avaliações das altcoins.”

Fonte: Grayscale

Após analisar o valor de mercado do Bitcoin, os analistas da Grayscale afirmaram que a métrica exibiu um “padrão familiar” em que o aumento da dominância do BTC abre caminho para uma alta nas altcoins.

No entanto, três catalisadores únicos distinguem este ciclo dos anteriores: entradas positivas de ETFs de Bitcoin spot, entradas positivss de stablecoins e redução do saldo de BTC nas exchanges.

“A primeira diferença crucial neste mercado em alta em comparação com os anteriores é a rápida mudança nas dinâmicas de mercado positivas, em grande parte influenciada pelas entradas de ETFs de Bitcoin spot“, observou a Grayscale. Desde sua aprovação em 10 de janeiro, as entradas de capital nos ETFs de Bitcoin spot consistentemente superaram a “emissão de BTC em uma magnitude de mais de 3 vezes até meados de março, o que tem exercido pressão ascendente sobre o preço”, acrescentou o relatório.

Outros catalisadores do mais recente aumento no preço do BTC, que o viu ultrapassar as máximas anteriores em 5 de março, foram fundamentos saudáveis on-chain, incluindo o fornecimento de stablecoins nas exchanges.

Mudança no fornecimento de stablecoins: Fonte. Glassnode

O gráfico de mudança no fornecimento de stablecoins mostrou um aumento na liquidez de stablecoins, indicando a disponibilidade de mais capital para negociação, principalmente para comprar criptomoedas.

“Essa entrada de capital em stablecoins, conforme indicado pelo aumento das reservas de stablecoins em exchanges, geralmente alimenta o impulso dos mercados em alta.”

Além de um aumento na intenção de compra, evidenciado pelo aumento do fornecimento de stablecoins, a falta de intenção de vender, apoiada pela diminuição do fornecimento em exchanges, também é um fator importante que sustenta o rali do Bitcoin.

Dados adicionais da Glassnode revelam que o número total de BTC mantido em carteiras de exchanges conhecidas diminuiu para cerca de 12% do total de oferta, “marcando seu nível mais baixo em cinco anos”.

Oferta de BTC nas exchanges. Fonte: Glassnode

Além disso, a Grayscale relatou uma redução perceptível no Bitcoin mantido em exchanges, “com uma redução de 7% desde o pico local do suprimento de Bitcoin em maio de 2023”. Isso indica um aperto no fornecimento parcialmente impulsionado pelos ETFs de Bitcoin spot transferindo BTC para carteiras frias de custódia para armazenamento a longo prazo, à medida que os investidores esperam crescimento no preço no futuro.

O mercado em alta está aqui?

Depois de entender os fatores que impulsionaram o preço do Bitcoin até agora, é importante determinar onde o mercado está atualmente. A Grayscale usa uma analogia de beisebol para dizer: “Atualmente estamos navegando na ‘fase intermediária’ ou ‘quinta entrada’ do atual mercado em alta”.

Usando o Lucro/Prejuízo Não Realizado Líquido (NUPL) – uma métrica que calcula o percentual de lucro/prejuízo dividindo a diferença entre o valor de mercado e o valor realizado pela capitalização de mercado, os analistas da Grayscale afirmam que a proporção NUPL aumentou com o aumento no preço do BTC. Isso significa que à medida que o preço crescia, os investidores que compraram o ativo a preços mais baixos “ainda mantêm suas moedas”.

“Até meados de março de 2024, com um NUPL de aproximadamente 60% e os picos históricos ocorrendo em proporções de lucro acima de 70%, parece que podemos estar nos aproximando de um ciclo alto nesta medida.”

Proporção NUPL do Bitcoin. Fonte: Glassnode

Os mercados em alta são particularmente impulsionados pela euforia, pelo medo de ficar de fora (FOMO) e pela negociação especulativa de investidores de varejo. Uma das maneiras de determinar isso é analisando o sentimento do mercado de varejo.

Os analistas da Grayscale examinaram dados da Satiment, que revelaram que o interesse dos investidores de varejo ainda está substancialmente abaixo dos níveis observados durante o mercado de alta de 2021.

Além disso, dados do Google Trends mostram que os níveis de interesse de busca pela palavra “cripto” estão abaixo de 40, significativamente mais baixos do que os picos observados em 2021, que atingiram 99.

Isso sugere que “a curiosidade mais ampla do público em relação à criptomoeda pode não ter se recuperado completamente”, diz o relatório.

Interesse de busca por “cripto”. Fonte: Google Trends

Isso levanta questões sobre se os investidores individuais estão participando do ciclo atual.

“Para conciliar os preços crescentes/métricas on-chain com o sentimento de varejo contido, é plausível considerar que os investidores individuais que impulsionaram o ciclo anterior ainda não retornaram completamente ao mercado.”

No entanto, dados da Alternative, uma plataforma que analisa “emoções e sentimentos” em torno das criptomoedas, mostram que os sentimentos de mercado são semelhantes aos vistos no auge do mercado de alta de 2021, quando o BTC atingiu o anterior recorde de US$ 69.000.

Índice de Medo e Ganância das Criptomoedas. Fonte: Alternative.me

Isso poderia sinalizar o retorno dos investidores ao mercado de criptomoedas, e a ganância e o FOMO associados são esperados para impulsionar os preços para cima.

Após considerar esses fatores técnicos e fundamentais, a Grayscale concluiu que o “rali de alta persistirá”. A empresa, no entanto, aconselhou seus investidores a monitorar cautelosamente os fluxos nos ETFs de Bitcoin spot e outros fatores macroeconômicos em busca de sinais de mudanças no mercado.

Zhao diz:

“Embora tenhamos feito progresso, acreditamos que ainda há espaço para crescimento.”

Este artigo não contém conselhos ou recomendações de investimento. Toda decisão de investimento e negociação envolve riscos, e os leitores devem conduzir suas próprias pesquisas ao tomar uma decisão.