Nesta quarta-feira (20), o Bitcoin (BTC) recuperou parte da queda dos últimos dias e subiu mais de 8%, voltando para US$ 68 mil. O principal motivador desta alta foi o discurso mais ‘ameno’ do FED com relação à inflação e uma possível queda na taxa de juros, tornando ativos de risco mais ‘agradáveis’ para os investidores.

Tasso Lago, Especialista em Criptomoedas e Fundador da Financial Move, destaca que a decisão do Fed vem em linha com a pauta da inflação e corte de juros, esperado para o segundo semestre desse ano.

Com o movimento de recuperação do Bitcoin, entrada da BlackRock no mercado de tokens RWA e a proximidade do halving, o analista cripto e fundador da Escola de Análise de Criptomoedas (EAC Cripto), Artur Guimarães, declarou que está se preparando para uma nova valorização das altcoins no mercado.

Após acertar previsões sobre o aumento de preço de memecoins como a Floki (FLOKI) ainda no final de 2023, Artur apresentou um estudo sobre novas altcoins que podem entrar numa “bull run” nos próximos meses.

3 criptomoedas com forte potencial de alta

Em novembro de 2023, o analista publicou para seus alunos sua previsão sobre a criptomoeda Floki, que resultou numa valorização de quase 800%. Além da memecoin, Artur também indicou o token Aerodrome, que subiu mais de 2.200% no período.

Além do Aerodrome (AERO), a criptomoeda Injective (INJ) também foi abordada em uma previsão do analista, o que resultou em uma valorização de cerca de 2.200% em 2024.

“Somente nos últimos sete dias, a memecoin Floki subiu quase 90% no mercado cripto. Desde o final de 2023, ela é uma das criptomoedas recomendadas pela Escola de Análise de Criptomoedas. Além desse token, em novembro indicamos uma possível alta da Aerodrome, que se consolidou em uma valorização de 2.200% nos últimos 3 meses.”
Altcoin que integra ativos do mundo real (RWA) pode bombar nos próximos meses

Com o halving do bitcoin se aproximando, existem novas oportunidades de valorização no mercado cripto. Além de memecoins, outros tipos de tokens podem subir nos próximos meses, segundo o analista Artur Guimarães.

“A moeda Ondo é um token de RWA (Real World Asset) que tem boas chances de subir ainda mais nos próximos meses. Mesmo com uma alta recente de 149%, esse ativo pode surpreender com um projeto dedicado a integrar o sistema financeiro tradicional com o mercado de criptomoedas, melhorando as garantias das Stablecoins e dando e tokenizando ativos do mundo real”, disse.

Segundo o analista, outra criptomoeda que pode subir é a Pyth Network (PYTH) , deve valorizar com o crescimento do ecossistema SOLANA e alternativa contra a Chainlink (LINK).

“Além dessas duas criptos, a Dymension (DYM) também é capaz de continuar seu caminho de valorização nos próximos meses logo após ser listada na Binance”, destaca.

O trader destaca ainda que os investidores não devem se preocupar apenas com as criptomoedas que estão subindo ou caindo no curto prazo, mas ter um estratégia de investimento de médio e longo prazo, baseadas na assimetria das criptomoedas. Para Artur Guimarães, a estratégia de DCA pode ser utilizada neste momento de alta no mercado cripto.

“Nós utilizamos estratégias para investimentos em criptomoedas como o DCA, que consiste em reduzir os efeitos da volatilidade dos preços através de ordens de compra regulares. Além disso, é importante realizar um gerenciamento de caixa conciso ao mesmo tempo que os usuários aprendem sobre conceitos e indicadores de preço que conduzem o mercado cripto”, finaliza.