Em meio a um mercado cripto cada vez mais otimista, com o Bitcoin em torno de US$ 52.000 e o Ethereum em US$ 2.800, a expectativa também é alta para outras altcoins. Mike Ermolaev, fundador da Outset PR e analista de criptoativos, destaca este como um momento ideal para investidores, apontando para os 5 tokens de crescimento mais rápido em meio a um ressurgimento de altcoins.

“Com a capitalização de mercado total expandindo para além de USUS$ 1,9 trilhão e a confiança dos investidores em alta, essas moedas representam as oportunidades mais promissoras para retornos substanciais durante o atual mercado em alta”, disse.

Em linha com a perspectiva de crescimento das altcoins, destacada por Ermolaev, está o novo relatório da Binance apontando um crescimento no setor de DeFi e em especial, nas soluções de infraestrutura, como camada 1, 2 e 3.

Relatório da Binance aponta crescimento das altcoins

Diante deste cenário, Ermolaev, que acertou recentemente a alta de 50% da SEI que saiu de USUS$ 0,50 para um máximo de USUS$ 1, destacou 5 criptomoedas com chances nos próximos 15 dias.

5 criptomoedas com chances de alta

Segundo ele, a criptomoeda Aptos (APT) testemunhou notáveis flutuações de preço recentemente, com um aumento notável de 13% nos últimos 7 dias, atingindo o pico de US$ 10,46. Apesar de uma queda na capitalização de mercado do ano até o momento de 6,75%, estabilizando em US$ 3,01 bilhões, o futuro parece promissor, com previsões de preço variando de US$ 44 em 2025 a impressionante US$ 454 até 2033.

“O Aptos (APT) está sendo negociado entre US$ 9,2 e US$ 10,6. A EMA de 10 dias em US$ 10,4431 mostra sinais de alta, mas os investidores devem permanecer cautelosos com o excesso de otimismo. Os suportes subsequentes do Aptos (APT) estão em US$ 9 e US$ 8,8, enquanto as resistências estão em US$ 10,8 e US$ 11”, disse.

Ele destaca que apesar do recente aumento de preço e sentimento otimista do Aptos (APT), várias sinais de baixa pairam. Sua queda de preço de 38% ano a ano e o desempenho abaixo de 98% dos 100 principais ativos criptográficos, incluindo Bitcoin e Ethereum, levantam preocupações de competitividade.

“O entusiasmo limitado dos investidores, refletido por apenas 13 dias de alta no último mês, e as preocupações com liquidez decorrentes de menos de 37% do total de oferta em circulação, sugerem uma diluição potencial de valor e destacam a necessidade de otimismo cauteloso em relação à sua trajetória futura”, destacou.

Optimism (OP)

A criptomoeda Optimism (OP) passou por sua parcela de volatilidade. Na última semana, ela experimentou um aumento de 30%, apenas para ver uma queda de 15% depois. Em meio a essas flutuações, desenvolvimentos-chave surgiram: principalmente, o compromisso da Fundação Optimism de alocar até 2 milhões de tokens OP, avaliados em US$ 5,3 milhões, para a rede modular DeFi de camada 2 (L2), com o objetivo de fortalecer os incentivos de crescimento do usuário.

“Além disso, uma iminente atualização de escalabilidade importante para Ethereum apresenta tanto desafios quanto oportunidades para soluções L2 como a Optimism (OP), potencialmente remodelando seu papel e impacto no ecossistema Ethereum”, afirmou.

Blur (BLUR)

O preço do Blur (BLUR) disparou 14% na última semana. Com sua capitalização de mercado atingindo US$ 778,58 milhões, a atividade de negociação do Blur (BLUR) disparou 1.240% após sua listagem na Upbit.

“Esta ascensão de preço notável foi na maioria creditada à sua recente adição à plataforma de negociação da Binance e ao crescente entusiasmo por seu protocolo associado, o Blast”, aponta.

Sui (SUI)

Nas últimas duas semanas, a criptomoeda Sui (SUI) passou por uma série de flutuações de preço. Em meio a esse período de incerteza, as expectativas em relação à capacidade do Sui (SUI) de retornar ao seu valor máximo de US$ 2 foram impulsionadas pelo momento positivo e pelos sentimentos otimistas do mercado.

“O Sui (SUI), uma plataforma blockchain desenvolvida pela equipe do projeto Diem da Meta para uma stablecoin, ultrapassou um marco significativo ao exceder um valor total bloqueado de US$ 300 milhões e isso sinaliza a força do projeto”, afimra.

ZetaChain (ZETA)

O ZetaChain (ZETA) experimentou um período extraordinário de crescimento nas últimas duas semanas, culminando em uma máxima histórica de US$ 2,43, impulsionando sua capitalização de mercado para mais de US$ 548 milhões e classificando-o como a 129ª maior criptomoeda globalmente.

“Esse aumento de valor e posição de mercado é em grande parte atribuído à excitação em torno do lançamento de sua mainnet beta. Além disso, o ZetaChain (ZETA) testemunhou um aumento significativo no volume de staking, agora em US$ 186 mil, com expectativas de crescimento contínuo. O desempenho da criptomoeda é destacado por um aumento recorde no volume de negociação de 79,42%”, finalizou.