O Bitcoin (BTC) atingiu mais um recorde histórico nas primeiras horas de 14 de março com a antecipação de um aumento ainda maior no preço do BTC.

Gráfico de 1 hora BTC/USD. Fonte: TradingView

Preço do Bitcoin: Mais um dia, mais um recorde histórico

Dados do Cointelegraph Markets Pro e da TradingView capturaram um novo recorde de US$ 73.794 na Bitstamp.

O Bitcoin havia se recuperado fortemente durante a noite, apagando qualquer traço da fraqueza testemunhada antes da abertura de Wall Street em 13 de março.

“O Bitcoin caiu novamente no início desta semana e mais uma vez testou com sucesso a antiga máxima de todos os tempos como suporte”, observou o popular trader e analista Rekt Capital no X (antigo Twitter).

Gráfico semanal BTC/USD. Fonte: Rekt Capital/X

A empolgação em torno das tendências relativas à escassez da oferta, centrada no impacto dos aportes consistentes nos fundos negociados em bolsa (ETFs) de Bitcoin à vista dos Estados Unidos.

Os ETFs de BTC registraram aportes líquidos de US$ 683,7 bilhões em 13 de março, de acordo com dados da empresa de investimentos Farside, sediada no Reino Unido.

Saldo dos ETFs de Bitcoin (captura de tela). Fonte: Farside

O montante superou em muito os saques diários do Grayscale Bitcoin Trust (GBTC), balançando firmemente o impulso de compressão da oferta em favor dos touros.

Reagindo aos movimentos do mercado, o estatístico Willy Woo, criador do recurso de dados sobre Bitcoin Woobull, afirmou que os aportes nos produtos de investimento institucionais estão “apenas no início”, referendando o sentimento de Cathie Wood, CEO da ARK Invest, uma das gestoras que tem ETFs de Bitcoin listados nos EUA.

“Os ETFs estão apenas no início, as instituições e as plataformas de gestão de patrimônio levarão alguns meses para concluir a devida diligência antes do início da alocação adequada”, previu Woo em parte de uma postagem no X.

Um gráfico anexo mostrava os influxos gerais na rede do Bitcoin, com os ETFs delineados como uma pequena mancha de verde escuro.

Fluxos da rede do Bitcoin. Fonte: Willy Woo/X

Também despertou o interesse dos hodlers a notícia de que a empresa de tecnologia MicroStrategy, atualmente a empresa pública que mais detém Bitcoin em sua tesouraria, planejava acumular pelo menos 1% do suprimento total do BTC.

A MicroStrategy, que atualmente possui 205.000 BTC, pretende gastar US$ 500 milhões adicionais para adquirir mais Bitcoin, elevando seu patrimônio acima da marca de 210.000 BTC.

Fonte: https://twitter.com/hodlonaut/status/1768013689062371814

Bitcoin “está se preparando para um grande movimento”

Apesar de haver algumas dúvidas sobre se a capacidade de sustentação da força atual da ação de preço do Bitcoin, as previsões otimistas seguem prevalecendo.

No coro dos otimistas, Charles Edwards, fundador do fundo quantitativo de Bitcoin e de ativos digitais Capriole Investments, previu que uma nova alta é iminente para o par BTC/USD.

“O Bitcoin está se preparando para um grande movimento”, disse ele no X, acrescentando em outra postagem que “um bilhão por dia mantém as quedas distantes”, referindo-se aos recentes investimentos nos ETFs.

Na semana passada, conforme relatado pelo Cointelegraph, Edwards declarou que a era do “valor profundo” para a compra de Bitcoin a preços baixos havia terminado.

“Esse navio já partiu”, disse ele.

“Você teve dois anos para comprar Bitcoin subvalorizado. Agora, um capítulo novo e empolgante começou.”

Este artigo não contém conselhos ou recomendações de investimento. Todo investimento e movimento comercial envolve risco, e os leitores devem realizar suas próprias pesquisas ao tomar uma decisão.

LEIA MAIS